You are currently viewing Disco de corte: o que você precisa saber para comprar sem chance de erros!

Disco de corte: o que você precisa saber para comprar sem chance de erros!

O disco de corte é uma ferramenta muito utilizada em qualquer lugar do mundo e aqui na Cofer Atacadista você encontra diversos modelos disponíveis que vão com certeza acrescentar no seu estoque. Neste texto vamos conversar sobre:

  • O que é um disco de corte;
  • Onde é utilizado;
  • Quais são os modelos que existem;
  • Como escolher;
  • Qual a sua validade;
  • Cuidados e dicas de segurança (manuseio, EPI’s e dicas).

Você ficou interessado em algum desses tópicos? Então vem junto, continue lendo.

O que é um disco de corte?

O disco de corte é uma ferramenta/acessório de corte, criada em abrasivos rígidos com a finalidade de manipular cortes em materiais como metais, concretos e cerâmicas. São desenvolvidos com grãos abrasivos, resinas e telas de fibra de vidro.

 

Onde é usado o disco de corte?

Ele é indicado para cortar tubos, barras, chapas e outros formatos destes materiais, este produto é escolhido conforme o tipo de material onde acontecerá o corte, podendo ser madeira, concreto, cerâmica, inox, entre outros. Os discos de corte são um dos acessórios principais dento da construção civil e residencial. Eles estão presentes nos setores industriais, marcenarias, funilarias, serralherias principalmente, construção civil e vários outros tipos de segmentos.

Profissionais que utilizam ferramentas elétricas dependem de acessórios para terem bons resultados no trabalho. Os discos de corte podem ser utilizados com máquinas portáteis como esmerilhadeiras, serras mármores, entre outros tipos de ferramentas segundo o seu tipo de trabalho.

Entre em contato e tire todas suas dúvidas!

 

Como escolher o modelo certo?

Para escolher o tipo certo de disco para o trabalho, você deve ter claro qual será a necessidade, o material que precisa ser cortado, o tipo de ferramenta que será utilizado e o conhecimento sobre os tipos de disco de corte e suas funções. Descobrindo essas informações, você conseguirá ajudar o seu cliente a escolher o material ideal que trará bons resultados para o projeto desejado.

A maioria dessas informações será fácil de encontrar, você precisa apenas perguntar para o seu cliente na hora da compra. Agora, os modelos de discos e as suas funções, nós precisamos ter na ponta da língua.

Neste próximo parágrafo, falarei sobre alguns discos e as suas funções. Tem que prestar atenção, se quiser pegue um papel e caneta ou um bloco de notas no celular. Quando você tiver tudo isso na ponta da língua, o cliente chegará precisando de ajuda para escolher e você será o vendedor perfeito para orientá-lo na melhor escolha! Vamos juntos?

 

Quais são os tipos de disco de corte para trabalhos manuais?

Disco corte inox

Disco de corte Inox

Para cortes de metais é utilizado os discos de corte para aço inox. Este material é super resistente, porém ele se desgasta facilmente por ser fino.

Esse modelo é muito usado nas serralherias em máquinas fixas e portáteis. Ele entrega um corte extremamente preciso nesses tipos de materiais.

Obs: todos os modelos que citarei, inclusive o disco corte inox são encontrados em diferentes medidas e espessuras.

 

Disco de corte diamantado

Você sabe o que é um disco de corte diamantado? Este modelo contém no seu material diamantes sintéticos nas pontas, operando como um elemento abrasivo.

Obs: o diamante é o material mais duro da natureza, assim este disco tem maior resistência ao desgaste.

Este disco é um dos modelos mais utilizados. Dentro do seu segmento são encontrados subtipos que foram criados para diferentes tipos de trabalho.

Eles são indicados para usar em ferramentas como a serra mármore e entregam cortes precisos com excelentes acabamentos.

Agora veremos as variações que existem dentro deste segmento de discos diamantados, continue lendo. 😊

 

Disco diamantado com banda contínua

Disco diamantado com corte continuo

Este disco não tem em sua estrutura nenhuma entrada ou dente, a sua banda é totalmente uniforme (lisa). É muito utilizado para cortar azulejos, pedras, porcelanato e cerâmica.

Obs: um dos grandes diferenciais do disco diamantado com banda contínua é o perfeito acabamento para materiais mais nobres, por ter uma velocidade menor de corte.

 

Disco diamantado turbo

Disco diamantado turbo

O disco diamantado turbo tem uma superfície contínua com alguns furos na parte interna e algumas ranhuras na borda. Estes elementos que estão presentes na sua estrutura, o tornam capaz de produzir cortes com acabamentos perfeitos, cortando a peça desejada no tamanho necessário.

A palavra “turbo”, está ligada à sua velocidade de corte. Este tipo de disco serve para trabalhos em concreto, porcelanato, refratários, mármore, granitos, pedras decorativas e tijolos.

 

Disco diamantado com banda segmentada

Disco diamantado com banda segmentada

O disco diamantado com banda segmentada, tem a superfície separada em segmentos como se fossem vários ‘’dentes’’. Com essas aberturas a temperatura gerada durante o atrito de corte é diminuída. Interessante né?  C

Este modelo é mais utilizado em materiais de fundação, os mais robustos como a parte cinza de qualquer obra. Por exemplo: concreto, tijolo, granito, refratários, asfalto, entre outros.

Para um corte resistente e mais frio, ele é ideal!

 

 

 

Disco de corte uso geral

Disco de corte uso geral

O disco de corte uso geral é usado para diversos trabalhos manuais já mencionados no decorrer deste texto, utilizado como o próprio nome diz, de uma forma geral. Com ele você tem cortes precisos e rápidos. É um disco curinga!

 

Disco de corte em madeira

Disco de corte em madeira

Na madeira se faz necessário um tipo de disco de corte especifico, o disco de corte p/ serra mármore madeira. Na sua banda, ele possui entradas diferentes que tornam o seu movimento mais dinâmico, evitando o travamento no material como trancos e vibrações. Um detalhe extremamente importante, não é mesmo? 🙂

 

 

 

Você sabe como funciona a medição de um disco de corte?

Dimensões do disco de corte

Agora você pode entender perfeitamente as diversas medidas que existem de forma fácil e rápida! Qualquer dúvida em relação à medição de um disco, é só deixar nos comentários que a gente responde. Espero que tenha ficado claro!

Faça seu cadastro fácil e rápido e tenha acesso a cotação on-line!

Quanto tempo dura um disco?

Você sabia que esse acessório tem validade? Pois é, esses equipamentos têm e você deve ficar atento antes de vender e ainda orientar o seu cliente a prestar atenção nisso, para que o seu trabalho seja sempre excelente!

A validade dos discos de corte de metais (aço e aço inox), é de três anos a partir de sua data de fabricação.

Dica para o cliente: quando um cliente seu comprar discos de corte, oriente de que a forma como é guardado este produto pode alterar o seu bom desempenho. Eles devem ser armazenados em lugares com pouca umidade, com zero contato a água ou solventes químicos. Combinado?

 

Como descobrir a validade do meu disco de corte?

Para checar a validade do seu disco (para metais), é só olhar no anel metálico (furo do disco). Ali estará gravado a data de fabricação e aí é só contar 3 anos. Ok? Qualquer dúvida deixe nos comentários.

Agora neste próximo parágrafo falaremos algumas dicas importantes para a segurança do seu cliente no manuseio desta ferramenta.  Continue lendo…

 

Segurança na hora da ação

Aqui nesta parte do texto serão ditas algumas dicas de segurança e orientação em relação ao uso dos discos de corte. Assim você poderá orientar o seu cliente da melhor maneira possível; muito mais do que só vender um produto, você mostrará que se importa com a segurança dele e isso conta muito. Vamos lá!

As duas ferramentas mais utilizadas com esses acessórios são, a serra mármore e a esmerilhadeira, elas são máquinas pesadas e para o seu uso o profissional deve ter habilidade para manusear e cortar sem se machucar, não pode ser qualquer um!

 

O lugar perfeito para trabalhar com discos de corte

Essas máquinas tendem a aquecer demais na hora do corte, por isso se faz uma ótima alternativa trabalhar em um local que seja arejado de preferência do lado de fora da obra. A iluminação do espaço também deve estar perfeita para que o profissional possa enxergar certinho tudo o que ele está fazendo.

Obs: a importância de fazer este trabalho em uma área fora da obra é para que a máquina possa ser apoiada de forma segura, com espaço para manuseio onde os materiais e operadores movimentem-se sem nada impedindo.

Para cada máquina um tipo de disco

Lá em cima do texto eu já conversei com você que cada disco funciona para um certo tipo de máquina/trabalho. É super importante lembrar de novo, pois se for escolhido um disco que não é compatível com a máquina usada, correrá o risco de danificar o equipamento, o disco e o profissional que estiver em ação.

 

Dica especial: use água e reduza a poeira na hora do corte

O objetivo da água no momento do corte é de resfriar todo o calor que é gerado durante o processo, reduzindo os resíduos de poeira que saem.

#Ficaadica: sempre que você usar uma máquina de corte, faça o processo com água e melhore o desempenho do disco (mesmo se for a seco).

Os EPI’S não podem faltar!

Este trabalho não é simples e necessita de um cuidado como qualquer outro que envolva cortes. Para a segurança do seu cliente, se faz necessário o uso dos seguintes equipamentos de EPI:

  • Luva;
  • Avental;
  • Máscara;
  • Óculos de proteção;
  • Protetor auricular.

Se na sua loja você vende alguma dessas máquinas ou os acessórios (discos), tenha sempre no seu estoque também estes equipamentos de EPI e faça uma venda completa!

Para finalizar o texto, deixarei aqui mais algumas dicas de segurança!

Dicas de segurança

  • Analise antes a máquina que será utilizada e confirme suas condições de operação;
  • Nunca force a montagem de um disco no eixo da máquina. Fique de olho se existe alguma folga excessiva; se existir não utilize o disco, troque;
  • O disco de corte deve ser utilizado em um ângulo de 90° em relação à peça;
  • Procure sempre usar o disco adequado para o material que será cortado;
  • A troca de rolamentos das máquinas devem ser realizadas em períodos indicados pelo fabricante, não pode esquecer.

Agora acabou. E aí, conseguiu aprender mais sobre os discos de corte? Agora você tem tudo na ponta da língua para ser o melhor vendedor de discos e ajudar o seu cliente com excelência! Obrigado por ler até aqui, qualquer dúvida deixe nos comentários.

Baixe o nosso catálogo clicando aqui e encontre diversos modelos de disco de corte e mantenha o seu estoque sempre em dia. É um prazer te atender, até a próxima!

Baixe nosso catálogo 2021 e descubra mais produtos COFER Atacadista!

Deixe um comentário